Paróquia de S. Pedro de Arreigada
A Igreja Paroquial está situada no centro da freguesia, no lugar de São Pedro. Os inquéritos paroquiais de 1758, encomendados pelo Rei D. José I a todas as Paróquias do País, referiam que a Igreja "tem tres altares, hum do Santissimo Sacramento, outro de Nossa Senhora dos Remedios, outro do Sancto Nome. Tem hua nave e hua confraria da Senhora dos Remedios".

Durante muitos anos a Igreja Paroquial foi administrada por clérigos apresentados pelo prior da Serra do Pilar, em Vila Nova de Gaia, mas as festividades em honra da Virgem decorreram anualmente sem alterações.

Em finais de 1959 a Igreja sofreu obras de beneficiação para embelezar a sua fachada. Foram encomendados três painéis que reproduzem as imagens de Santo António, Nossa Senhora dos Remédios e São Pedro, que hoje não existem.

Pode dizer-se que, arquitectonicamente, a Igreja Paroquial de Arreigada não é das mais valiosas do Concelho e por isso não é referida por grande parte dos autores que se dedicam ao estudo de Paços de Ferreira. Mas é uma Igreja humilde e digna, que tem servido com distinção toda a população da freguesia e assegurado com honradez a bonita devoção à Nossa Senhora dos Remédios. A Capela do Anjo da Guarda, também designada por ermida de São Miguel-o-Anjo ou São Miguel Arcanjo, está situada no lugar de Bouças. Deve ser muito anterior a 1652, porque nesse ano aparece referida num documento paroquial como estando em muito mau estado, a ponto de chover lá dentro.

Sucessivas transformações, ao longo dos anos, tornaram este templo incaracterístico e muito diferente do que era no original. Tem duas secções, debruadas pelo exterior por uma cornija de relevante interesse arquitectónico.

O altar mor, originalmente em granito, degradou-se ao ponto de ter de ser substituído. O altar actual é todo de madeira, pouco artístico, e o patrono está ladeado por dois nichos.



Festas
As festas em honra da Virgem Nossa Senhora dos Remédios, realizam-se anualmente no terceiro Domingo de Setembro. É um dia grande para toda a freguesia e para os povoados em volta, que acorrem em massa aos festejos.

O Culto a Nossa Senhora dos Remédios é um culto secular, anterior a 1723, ano em que a confraria do mesmo nome, por ordem do Bispo, redigiu os seus primeiros estatutos.
A festa do Anjo da Guarda, em honra de São Miguel, decorre anualmente no segundo Domingo de Maio, na Capela do mesmo nome.

Estas festas eram marcadas por uma tradição de Arreigada muito especial. Todo o gado das freguesias vizinhas era levado para junto da capela, e aí era obrigado a dar várias voltas em seu redor. O objectivo era pedir a São Miguel a graça da sua protecção. O gado ia esplendido, enfeitado com grandes colares de flores campestres à volta do pescoço, e também de ouro. Depois de dar várias voltas à capela, o gado era encaminhado para outro local, a fim de ser revisto, como numa parada! No final, o Pároco de Arreigada procedia à sua bênção.



 
     
 
     
 
     
Clique nas imagens para aumentar